Quem você quer proteger?

Crianças

Muitos riscos envolvem as crianças quando estão em alturas, seja por não terem total controle do equilíbrio do corpo, por serem muito  distraídas, ou mesmo por ainda não perceberem o que é a altura e o perigo. As guardas, varandas, terraços, escadas e janelas são os elementos de construção mais envolvidos em acidentes graves e mortais com quedas em altura. O acesso a esses locais deve ser protegido, limitado e restringido o mais possível uma vez que a criança não tem a noção do perigo. As guardas são elementos destinados a proteção das pessoas em alturas, principalmente de crianças, no entanto os índices envolvendo acidentes evidenciam que elas não estão cumprindo a sua função de proteger adequadamente, em especial nas faixas etárias mais baixas. Segundo um estudo retrospetivo da APSI (Associação para Promoção da Segurança Infantil) sobre quedas em crianças e jovens em Portugal, 109 crianças morreram (2000-2012) e mais de 60.500 (2000-2013) foram internadas na sequência de uma queda. Entre 2002 e 2012, 46% das mortes foram quedas de alturas

"Os fatos:

• A cada dia que passa 9 crianças sofrem uma queda com consequências graves. 


• Pelo menos 109 crianças morreram nos últimos 14 anos na sequência de uma queda.


• Mais de 60.500 crianças foram internadas por causa de uma queda.


• As varandas e as janelas são os elementos mais envolvidos nas quedas "

(Fonte: Associação Para Promoção da Segurança Infantil de Portugal)

elevadas, sendo que pelo menos 30% foram quedas de edifícios ou outras construções. A instalação de redes de proteção nesses espaços que oferecem riscos é a alternativa mais indicada, pois as redes são resistentes e atuam como um bloqueio do espaço exterior e dos riscos sem, no entanto, impedir a ventilação. O material empregado na rede, o polietileno, é extremamente resistente capaz de suportar um peso de até 150 kg por metro 

quadrado, e tem uma durabilidade de mais de 10 anos, sendo que a garantia de fábrica é de 3 anos.

Com a Protege Lar sua família está protegida dos riscos. Abra suas janelas e varandas sem se preocupar, deixe os miúdos brincarem com tranquilidade e assim desfrutar dos melhores momentos em segurança

Animais Domésticos

Quem tem animais de estimação em casa sabe o quanto eles são espertos, criativos e rápidos, por isso temos que estar sempre atentos. Assim como as crianças os animais domésticos não tem noção dos riscos que correm e também precisam de proteção. Existem dois tipos de proteção para os nossos bichinhos, contra quedas e contra fugas.

Os perigos envolvendo quedas de gatos e cães são muitos pois eles se distraem facilmente com brincadeiras, pássaros, borboletas, ou um objeto que caia, e por não perceberem o perigo podem se desequilibrar ou mesmo pular janelas por empolgação. Os gatos tem facilidade de escalar onde quiserem e isso aumenta o perigo de acidentes. Algumas pessoas, que não conhecem muito sobre afirmam que eles sabem se cuidar e que não cairiam de uma janela ou 

varanda. Veja o que diz o especiaista  dr. Archivaldo Reche Jr: "Gatos são muito curiosos e têm instinto de caça aguçado. Por isso, se cismarem com uma borboleta se atiram da altura que for". Infelizmente o índice de acidentes envolvendo animais domésticos é enorme e todo cuidado é pouco.

A fuga de animais também é um problema que ocorre com frequência, além dos perigos que podem enfrentar nas ruas os animais também podem não retornar. No caso de pássaros e gatos o risco de desaparecerem, se não for feita a proteção correta do ambiente, é enorme.

Por todos os fatores citados, a proteção das janelas e varandas de moradias ou apartamentos que tenham animais domésticos é muito importante para garantir a segurança física do seu animalzinho e impedir as fugas. A instalação das redes de proteção é a solução mais adequada para proteger seu animal doméstico, pois é resistente, além de não barrar a ventilação e iluminação do ambiente, garantindo assim a segurança e conforto de todos.

Nós sabemos que ele é da família!

Idosos

As mudanças fisiológicas que acompanham a idade aumentam as possibilidades de ocorrerm quedas. Os reflexos ficam mais lentos e a força muscular diminui, a forma de caminhar também pode mudar com o passar dos anos. A diminuição da visão e audição também podem ser fatores que dificultam a percepção de perigos. Vários são os fatores que podem causar vertigem e os remédios podem produzir efeitos adversos que reduzem os reflexos.

Para reduzir as possibilidade de acidentes devemos adaptar ao máximo a nossa morada para que seja o mais segura possiível, levando em conta as nossas capacidades. Devemos eliminar do ambiente elementos que representem perigo e acrescentar os que favoreçam a segurança. 

Quem ama cuida!

A proteção de varandas,janelas e escadas se faz muito importante para idosos que moram em apartamentos. Todas essas alterações e fragilidades do corpo podem expor os idosos ao risco de queda.

Ao realizarem as atividades diárias, também pode ocorrer a queda de objetos, capaz de causar danos a terceiros.

Para idosos que recebem visita dos netos em seu apartamento também é importante cuidar da segurança dos miúdos, para assim os pais os deixarem com tranquilidade na casa dos vovós.As redes de segurança instaladas pela Protege Lar são muito resistentes, capazes de suportarem o peso de um adulto, elas são discretas e não compromentem a visibilidade, além de permitirem a boa circulação de ar.